No dia 28 de Fevereiro...

...de 1966 nasceu Paulo Futre, um dos melhores jogadores portugueses de sempre, que ajudou o FC Porto a conquistar a Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1987, aquele que foi o único título internacional do jogador, apesar da brilhante carreira que trilhou ao serviço do Atlético de Madrid.

...de 2003 foi fundada a Casa do FC Porto de Santo Tirso, 73ª delegação do FC Porto.

Etiquetas:

quarta-feira, fevereiro 28, 2007 @ 14:57 GMT ::: link ::: topo



No dia 27 de Fevereiro...

...de 1949 Virgílio Mendes marcou de forma brilhante Riccardo Carapellese, um dos mehores jogadores italianos da altura, num amigável Itália x Portugal disputado em Génova. A sua exibição valeu-lhe, por parte da imprensa italiana, o epíteto de "Leão de Génova".

...de 2003 o FC Porto passou aos quartos-de-final da Taça UEFA, que viria a vencer, ao empatar 2-2 em Denizli.

Etiquetas:

@ 14:31 GMT ::: link ::: topo



No dia 26 de Fevereiro...

...de 1983 nasceu Pepe, o esteio da defesa na actual equipa do FC Porto.

Etiquetas:

terça-feira, fevereiro 27, 2007 @ 15:18 GMT ::: link ::: topo



No dia 25 de Fevereiro...

...de 2000 foi inaugurada a sede dos "Dragões de Resende", a 52ª delegação do FC Porto.

...de 2004 o FC Porto bateu o Manchester United por 2-1 na primeira noite europeia do Estádio do Dragão, dando um passo crucial na direcção de Gelsenkirchen.

Etiquetas:

segunda-feira, fevereiro 26, 2007 @ 02:17 GMT ::: link ::: topo



No dia 23 de Fevereiro...

...de 1998 foi fundada a Casa do FC Porto de São Miguel e Santa Maria, delegação nº 39 do FC Porto.

Etiquetas:

sábado, fevereiro 24, 2007 @ 03:44 GMT ::: link ::: topo



No dia 22 de Fevereiro...

...de 2003 foi fundada a 80ª delegação do FC Porto - a Casa do FC Porto de La Chaux-de-Fonds, na Suíça.

Etiquetas:

quinta-feira, fevereiro 22, 2007 @ 22:02 GMT ::: link ::: topo



No dia 21 de Fevereiro...

...de 1944 nasceu Luís César, histórico secretário técnico do FC Porto, ainda hoje ligado ao clube.

...de 1950 nasceu Lemos, ponta-de-lança que será sempre lembrado sobretudo pela tarde em que marcou os quatro golos com que o FC Porto venceu o Benfica em 1971.

...de 1972 nasceu Nuno Capucho, peça fundamental da demolidora frente de ataque portista nas épocas do Tetra e do Penta e ainda na campanha da "tripeirinha" 2003.

Etiquetas:

quarta-feira, fevereiro 21, 2007 @ 11:41 GMT ::: link ::: topo



No dia 20 de Fevereiro...

...de 1907 foi eleita a primeira direcção do FC Porto, liderada pelo presidente José Monteiro da Costa e constituída por Romualdo Torres (vice-presidente), António Martins (1.º secretário), Manuel Luís da Silva (2.º secretário) e Joaquim Pinto Rodrigues de Freitas (tesoureiro).

...de 2003 o FC Porto venceu o Denizlispor, nas Antas, por 6-1, dando um passo de gigante rumo aos quartos-de-final da Taça UEFA, que viria a vencer.

Etiquetas:

@ 11:34 GMT ::: link ::: topo



No dia 18 de Fevereiro...

...de 1933 nasceu Bobby Robson, o treinador que conquistou os primeiros dois títulos do nosso histórico Penta.

...de 1995 foi inaugurada a sede dos Dragões de Vila Verde, a delegação nº 23 do FC Porto.

Etiquetas:

segunda-feira, fevereiro 19, 2007 @ 18:47 GMT ::: link ::: topo



No dia 14 de Fevereiro...

...de 1950 nasceu Reinaldo Teles, figura emblemática do FC Porto, onde entrou como pugilista. Hoje é um dos directores da FC Porto, Futebol, SAD.

...de 1959 Luís Ferreira Alves tomou posse como presidente do FC Porto pela segunda vez.

Etiquetas:

quarta-feira, fevereiro 14, 2007 @ 23:19 GMT ::: link ::: topo



No dia 13 de Fevereiro...

...de 1946 nasceu Artur Jorge, indelevelmente ligado à história do FC Porto por ter conduzido o clube à sua primeira glória europeia, a Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1987.

...de 1975 nasceu João Rocha, um dos grandes portadores da mística na equipa de basquetebol do FC Porto.

...de 1999 Mário Jardel marcou o seu 100º golo ao serviço do FC Porto, contra o Vitória de Guimarães.

Etiquetas:

@ 02:50 GMT ::: link ::: topo



Projecto Wikipédia* #7 - FC Porto (Futebol)

Segundo as regras da Wikipédia, quando um artigo se torna grande demais não se deve descartar informação, mas dividi-lo em dois ou mais artigos relevantes. Como o artigo do FC Porto estava a ficar gigante, sugeri a sua divisão, a que, até ver, ninguém se opôs, e fiz-me ao trabalho. No post anterior publiquei o artigo sobre o FC Porto - clube, aqui publico o recém-criado artigo "FC Porto (Futebol)". Tal como existe um artigo para o andebol, o basquetebol, o hóquei, etc., também o futebol merecia um artigo independente, ou melhor, o clube merecia um artigo independente, pois o FC Porto não é apenas futebol, ainda que este seja o coração do clube.

A História, embora com alguns empréstimos do texto que anteriormente estava no artigo principal do FC Porto, é de minha autoria, bem como a tabela dos treinadores. Tudo o resto foi apenas retocado. [link]


Futebol Clube do Porto
Nome abreviado FC Porto, FCP
Adeptos Portistas, Dragões, Tripeiros
Cidade Porto
Fundado em 28 de Setembro de 1893
Presidente Pinto da Costa
Mascote Penta
Futebol
Início 1893
Estádio Estádio do Dragão
Capacidade 52.000
Centro de Treinos CTFD PortoGaia
Presidente SAD Pinto da Costa
Director Reinaldo Teles
Treinador Jesualdo Ferreira
Liga bwin Liga
Posição 2005/06 Campeão
Patrocinador Revigrés, Portugal Telecom
Equipamento Nike



História

Como o próprio nome do clube indica, o futebol é a modalidade principal do FC Porto - praticada com exclusividade aquando da sua fundação em 1893. Na reactivação do clube em 1906, o futebol voltou a ser a força motriz (porque o refundador José Monteiro da Costa, como o fundador António Nicolau d'Almeida, se apaixonara pela modalidade em Inglaterra), embora houvesse também lugar à prática de outras modalidades. Ainda em 1906 o FC Porto construiu o Campo da Rua da Rainha, um pequeno complexo desportivo que incluía um campo relvado (o primeiro de Portugal) com as medidas regulamentares para a prática do futebol.

O primeiro título do futebol portista, conquistado em 1911, foi a Taça José Monteiro da Costa, o campeonato do Norte de Portugal, em cujas seis edições o FC Porto arrecadou cinco troféus. As primeiras três décadas e meia foram recheadas de vitórias para o futebol portista, inicialmente nos campeonatos regionais e depois a nível nacional, tendo conseguido o feito histórico de vencer a primeira edição do Campeonato de Portugal (a primeira competição de âmbito nacional em Portugal), que deu origem à Taça de Portugal, em 1922, do Campeonato da Liga, precursor do Campeonato Nacional da Primeira Divisão, em 1935, e do próprio Campeonato Nacional da Primeira Divisão, em 1939. Nessa altura, o FC Porto havia já abandonado o Campo da Rua da Rainha, passando para o Campo da Constituição, e já sonhava com um novo recinto, dado o acelerado crescimento do clube.

Os tempos que se seguiram, contudo, não foram positivos - o FC Porto passou 15 épocas sem ser campeão, de 1940 a 1955; nesse período venceu apenas campeonatos regionais e um nacional, mas de juniores. O jejum foi quebrado na histórica época de 1955/56. Histórica foi também a vitória, em 1948, sobre o Arsenal de Londres (então considerada a melhor equipa do mundo), que os sócios e adeptos fizeram questão de assinalar, oferecendo ao clube um magnífico troféu com mais de 300 quilos, 130 dos quais em prata maciça. A partida teve lugar no Estádio do Lima, propriedade do Académico, que o alugava ao FC Porto em alguns jogos, dadas as limitações da Constituição. O FC Porto chegou também a jogar no Ameal, do Sport Progresso, mas com a inauguração do Estádio das Antas, em 1952, passou a dispor de um recinto à medida da sua grandeza.

Os títulos nacionais voltaram em 1956, com a conquista da primeira dobradinha, e o mesmo ano marcou a estreia do FC Porto nas competições Europeias, frente ao Athletic Bilbao - na Taça das Cidades com Feira, que viria a chamar-se Taça UEFA, criada na época anterior. Porém, apesar do final da década de 50 ter sido positivo para o FC Porto, que voltou a sagrar-se campeão em 1959, a década seguinte não reservava grandes feitos ao futebol portista, antes um segundo e ainda mais longo jejum: desta vez entre 1959 e 1978, período em que os seniores do FC Porto conquistaram apenas duas Taças de Portugal (1968 e 1977). No ano seguinte quebrou-se o jejum, sob o comando de José Maria Pedroto, cognominado "o Mestre" e afectuosamente tratado como "Zé do Boné". Com Jorge Nuno Pinto da Costa como director do futebol e Américo de Sá como presidente, o FC Porto regressava às vitórias empunhando a bandeira anti-centralista, de afirmação da região Norte e da cidade do Porto. É com José Maria Pedroto que ganha corpo a "mística", palavra ainda hoje tantas vezes aplicada para fazer referência à união e à garra dos jogadores portistas. O FC Porto foi bicampeão em 1977/78 e 1978/79, tendo Fernando Gomes arrecadado o título de melhor marcador em ambas as épocas.

Em 1982 Jorge Nuno Pinto da Costa assume a presidência do clube, marcando uma viragem determinante na sua história. Um dos seus principais objectivos, chegar a uma final europeia, é alcançado dois anos depois: em 1984, em Basileia, o FC Porto perde a Taça das Taças frente à Juventus, numa partida em que foi orientado por António Morais, adjunto de Pedroto, já que o "Mestre" se encontrava de cama, lutando contra um cancro em fase terminal. Viria a falecer em Janeiro de 1985, não tendo possibilidade de assistir à glória que o futuro reservava à sua equipa dois anos e meio depois: em Viena, sob a batuta de Artur Jorge, o FC Porto conquista a Taça dos Clubes Campeões Europeus 1986/87, vencendo por 2-1 o Bayern de Munique com um fantástico golo de calcanhar de Rabah Madjer. No mesmo ano, já sob o comando de Tomislav Ivic, vence a Taça Intercontinental (contra o Peñarol de Montevideu) e a Supertaça Europeia (contra o Ajax de Amsterdão), tornando-se imediatamente o clube português com mais títulos internacionais. Entretanto, Fernando Gomes confirmava o seu estatuto de goleador com a conquista de duas botas de ouro, em 1983 e 1985.

A nível interno, ao longo dos anos 80 o FC Porto foi começando a assumir algum domínio, mas foi na década seguinte que esse domínio foi avassalador: sagrou-se campeão oito vezes, cinco delas consecutivas, entre 1994 e 1999 - o Penta, primeiro com Bobby Robson, depois com António Oliveira e com Fernando Santos a fechar a contagem. Nesta gloriosa caminhada tiveram especial sabor o Tri, que o FC Porto nunca conseguira (apesar de, até ali, já se ter sagrado bicampeão outras quatro vezes), o Tetra, que igualava um record do Sporting com mais de 40 anos, e, naturalmente, o Penta, marca nunca atingida por qualquer equipa portuguesa. Na época em que o FC Porto conquistou o quinto campeonato consecutivo, Mário Jardel foi o melhor marcador da Europa, arrecadando a bota de ouro - a terceira na história do clube.

No ano do Tri, 1997, o FC Porto constituiu a FC Porto, futebol, SAD (Sociedade Anónima Desportiva), cotada em bolsa, que passaria a ser responsável pela gestão do futebol do clube. Jorge Nuno Pinto da Costa acumulou (e acumula até à data) a presidência do clube e da SAD.

Depois do Penta, o FC Porto esteve três épocas afastado do título, reconquistando-o pela mão de José Mourinho em 2003, o ano em que venceu tudo: o campeonato, a Taça de Portugal e a Taça UEFA (em Sevilha, contra os escoceses do Celtic). O feito foi apelidado de "tripeirinha", um cruzamento entre tripeiro e dobradinha. O ano seguinte reservava ao FC Porto uma glória ainda maior, com a vitória na Liga dos Campeões (contra o Mónaco, em Gelsenkirchen), mais uma vez acompanhada do campeonato nacional e à qual se somou ainda, já não com José Mourinho, mas com o espanhol Victor Fernandez, a vitória na Taça Intercontinental contra o Once Caldas - a última, já que em 2005 esta foi substituída pelo Mundial de Clubes.

Entretanto, em 2002 havia sido inaugurado o Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, pela Fundação PortoGaia (criada pelo FC Porto e pela Câmara Municipal de Gaia), e em 2003 o Estádio do Dragão. Com estas novas infraestruturas, o FC Porto passou a usufruir de instalações, equipamentos e condições de trabalho francamente superiores aos disponíveis até aí.

No final da época 2003/04 Mourinho deixou, bem como alguns dos jogadores mais influentes da equipa; a época seguinte foi desastrosa, mas o título perdido em 2005 seria recuperado em 2006 com mais uma dobradinha.

Palmarés

Seniores

Internacional

* 2 Taças Intercontinentais (competição realizada desde 1960 - 45 edições)
1987 - FC Porto 2-1 Peñarol (após prolongamento)
2004 - FC Porto 0-0 Once Caldas (8-7 após grandes penalidades)

* 2 vezes Campeão da Europa (competição realizada desde 1955/56 - 51 edições)
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus: 1986/87 - Final: FC Porto 2-1 Bayern de Munique
1 Liga dos Campeões: 2003/04 - Final: FC Porto 3-0 AS Monaco FC

* 1 Taça UEFA (competição realizada desde 1954/55 - 52 edições)
2002/03 - Final: FC Porto 3-2 Celtic (após prolongamento)


* 1 Supertaça Europeia (competição realizada desde 1971/72 - 34 edições)
1986/87 - Ajax 0-1 FC Porto e FC Porto 1-0 Ajax

Nacional

* 21 Campeonatos Nacionais (competição realizada desde 1934/35 - 72 edições)
1934/35, 1938/39, 1939/40, 1955/56, 1958/59, 1977/78, 1978/79, 1984/85, 1985/86, 1987/88, 1989/90, 1991/92, 1992/93, 1994/95, 1995/96, 1996/97, 1997/98, 1998/99, 2002/03, 2003/04, 2005/06

* 4 Campeonatos de Portugal (competição precursora da Taça de Portugal, realizada entre 1921/22 e 1937/38 - 17 edições)
1921/22, 1924/25, 1931/32, 1936/37

* 13 Taças de Portugal (competição realizada desde 1938/39 - 67 edições)
1955/56, 1957/58, 1967/68, 1976/77, 1983/84, 1987/88, 1990/91, 1993/94, 1997/98, 1999/00, 2000/01, 2002/03, 2005/06

* 15 Supertaças Cândido de Oliveira (competição realizada desde 1978/79 - 28 edições)
1980/81, 1982/83, 1983/84, 1985/86, 1989/90, 1990/91, 1992/93, 1993/94, 1995/96, 1997/98, 1998/99, 2000/01, 2002/03, 2003/04, 2005/06

Regional / Distrital
* 5 Taças José Monteiro da Costa - Campeonato do Norte de Portugal (competição
realizada entre 1910/11 e 1915/16 - 6 edições) 1910/11, 1912/13, 1913/14, 1914/15, 1915/16

* 3 Taças do Norte de Portugal (competição realizada entre 1966/67 e 1971/72 - 6 edições)
1967/68, 1970/71, 1971/72


* 30 Campeonatos do Porto (competição realizada entre 1913/14 e 1946/47 - 34 edições)
1914/15, 1915/16, 1916/17, 1918/19, 1919/20, 1920/21, 1921/22, 1922/23, 1923/24, 1924/25, 1925/26, 1926/27, 1927/28, 1928/29, 1929/30, 1930/31, 1931/32, 1932/33, 1933/34, 1934/35, 1935/36, 1936/37, 1937/38, 1938/39, 1940/41, 1942/43, 1943/44, 1944/45, 1945/46, 1946/47


* 14 Taças de Honra da AF Porto (competição realizada entre 1915/16 e 1984/85 - 22 edições)
1915/16, 1916/17, 1947/48, 1956/57, 1957/58, 1959/60, 1960/61, 1961/62, 1962/63, 1963/64, 1964/65, 1965/66, 1980/81, 1983/84

Competições não-oficiais
Vários títulos em torneios amigáveis de prestígio internacional, entre os quais:

* Troféu Arsenal 1948 - Porto, Portugal
FC Porto 3-2 Arsenal FC

* Torneio Juan Gamper 1987 - Barcelona, Espanha
FC Porto 2-1 FC Barcelona
FC Porto 2-0 Bayern Munique

* Torneio de Viareggio 1989 - Viareggio, Itália
FC Porto 1-1 Inter Milão
FC Porto 1-1 Fiorentina (vitória do FC Porto após grandes penalidades)

* Troféu Teresa Herrera 1991 - Corunha, Espanha
FC Porto 2-1 Real Madrid
FC Porto 1-0 Deportivo De La Coruña

* Torneio Cidade de Sevilha 1992 - Sevilha, Espanha
FC Porto 2-0 Sevilla FC
FC Porto 2-2 Atlético de Madrid
Final: FC Porto 2 - 0 Bétis

* Torneio do Centenário 1993 - Porto, Portugal
FC Porto 4-0 Steaua Bucareste
FC Porto 3-1 Cruzeiro

* Thailand Premier Cup 1997 - Banguecoque, Tailândia
FC Porto 2-1 Inter Milão
FC Porto 4-2 Boca Juniors (após grandes penalidades)

* Troféu Juan Acunã 2003 - Corunha, Espanha
FC Porto 2-0 Deportivo De La Coruña

* Troféu Matines Brugeoises 2005 - Bruges, Bélgica
FC Porto 2-2 Club Brugge (6-5 após grandes penalidades)

* Troféu Tomas Cook 2006 - Manchester, Inglaterra
FC Porto 1-0 Manchester City

Juniores

* 18 Campeonatos Nacionais (competição realizada desde 1938/39 - 65 edições)
1952/53, 1963/64, 1965/66, 1968/69, 1970/71, 1972/73, 1978/79, 1979/80, 1980/81, 1981/82, 1983/84, 1985/86, 1986/87, 1989/90, 1992/93, 1993/94, 1997/98, 2000/01


* 7 Campeonatos do Porto (competição realizada entre 1913/14 e 1931/32 - 19 edições)
1913/14, 1917/18, 1918/19, 1921/22, 1923/24, 1928/29, 1929/30


* 20 Campeonatos Distritais (competição realizada desde 1936/37 - 63 edições)
1940/41, 1943/44, 1946/47, 1949/50, 1953/54, 1957/58, 1959/60, 1960/61, 1961/62, 1963/64, 1964/65, 1966/67, 1967/68, 1968/69, 1969/70, 1970/71, 1971/72, 1972/73, 1973/74, 1997/98

Juvenis

* 17 Campeonatos Nacionais (competição realizada desde 1962/63 - 44 edições)
1965/66, 1969/70, 1970/71, 1971/72, 1972/73, 1976/77, 1978/79, 1979/80, 1981/82, 1984/85, 1985/86, 1987/88, 1988/89, 1994/95, 1997/98, 2001/02, 2002/03

* 3 Campeonatos do Porto (competição realizada entre 1913/14 e 1931/32 - 18 edições)
1914/15, 1915/16, 1923/24

* 15 Campeonatos Distritais (competição realizada desde 1965/66 - 40 edições)
1965/66 1966/67, 1969/70, 1970/71, 1971/72, 1973/74, 1975/76, 1976/77, 1980/81, 1981/82, 1984/85, 1994/95, 1996/97, 1998/99, 1999/00

Iniciados

* 12 Campeonatos Nacionais (competição realizada desde 1974/75 - 30 edições)
1974/75, 1976/77, 1977/78, 1979/80, 1980/81, 1985/86, 1989/90, 1996/97, 1997/98, 1999/00, 2001/02, 2004/05

* 9 Campeonatos do Porto (competição realizada entre 1913/14 e 1931/32 - 17 edições)
1913/14, 1914/15, 1918/19, 1924/25, 1926/27, 1928/29, 1929/30, 1930/31, 1931/32

* 21 Campeonatos Distritais (competição realizada desde 1972/73 - 35 edições)
1974/75, 1976/77, 1977/78, 1978/79, 1979/80, 1980/81, 1981/82, 1983/84, 1984/85, 1985/86, 1986/87, 1988/89, 1989/90, 1990/91, 1991/92, 1992/93, 1994/95, 1996/97, 1998/99, 2000/01, 2005/06

Infantis

* 2 Campeonatos Nacionais (competição realizada entre 1987/88 e 1996/97 - 10 edições)
1987/88, 1992/93

* 20 Campeonatos Distritais (competição realizada desde 1922/23 - 36 edições)
1923/24, 1925/26, 1929/30, 1930/31, 1981/82, 1983/84, 1985/86, 1987/88, 1989/90, 1990/91, 1992/93, 1993/94, 1995/96, 1996/97, 1998/99, 2000/01, 2001/02, 2002/03, 2003/04, 2005/06

Escolinhas
* 9 Campeonatos Distritais (competição realizada desde 1985/86 - 21 edições)
1985/86, 1993/94, 1995/96, 1996/97, 1998/99, 2000/01, 2002/03, 2003/04, 2005/06

Treinadores


ÉPOCAS TREINADOR TÍTULOS
1906 - 1907 Cattulo Gadda
1907 - 1924 Adolphe Cassaigne 1 Campeonato de Portugal
9 Campeonatos do Porto
5 Taças José Monteiro da Costa
1925 - 1927 Akös Tezler 2 Campeonatos do Porto

1927 - 1928 (interino) Alexandre Cal 1 Campeonato do Porto
1927/28 - 1934/35 Joseph Szabo 1 Campeonato da Liga
1 Campeonato de Portugal
8 Campeonatos do Porto

1935/36 (interino) Mihaly (Miguel) Siska
1935/36 Maggyar 1 Campeonato do Porto
1936 Janus Biri


1936/37 François Gutkas 1 Campeonato de Portugal
1 Campeonato do Porto
1937/38 - 1941/42 Mihaly (Miguel) Siska 2 Campeonatos Nacionais
3 Campeonatos do Porto


1942/43 - 1944/45 Lipo Hertza 3 Campeonatos do Porto

1945/46 - 1946/47 Joseph Szabo 2 Campeonatos do Porto


10º 1947/48 Carlos Nunes
11º 1947/48 Eladio Vaschetto


12º 1948/49 Alejandro Scopelli
13º 1949/50 Augusto Silva


14º 1949/50 Artur de Sousa "Pinga"
15º 1949/50 Francisco Reboredo


16º 1950/51 Anton Vogel
17º 1950/51 Gencsi



1951/52 Eladio Vaschetto
18º 1951/52 Passarin


19º 1952/53 Lino Taiolli
20º 1952/53 Fernando Vaz


21º 1952/53 - 1953/54 Cândido de Oliveira

1954/55 Fernando Vaz


22º 1955/56 Dorival Yustrich 1 Campeonato Nacional
1 Taça de Portugal
23º 1956/57 Flávio Costa



1957/58 Dorival Yustrich
24º 1957/58 José Vale


25º 1957/58 Otto Bumbel 1 Taça de Portugal
26º 1958/59 Bélla Guttmann 1 Campeonato Nacional


27º 1959/60 Ettore Puricelli
28º 1959/60 Daucik
29º 1960/61 Otto Vieira
30º 1960/61 - 1961/62 Jorge Orth

1961/62 Reboredo
31º 1962/63 - 1963/64 Janus Kalmar
32º 1963/64 Artur Baeta
33º 1963/64 - 1964/65 Otto Glória

1965/66 Flávio Costa
34º 1965/66 Virgílio Mendes
35º 1966/67 - 1968/69 José Maria Pedroto 1 Taça de Portugal
36º 1969/70 Elek Schwartz
37º 1970/71 Tommy Docherty
38º 1970/71 - 1971/72 António Teixeira

1971/72 Artur Baeta
39º 1971/72 Paulo Amaral
40º 1971/72 António Feliciano
41º 1971/72 António Morais
42º 1972/73 Fernando Riera

1972/73 António Feliciano

1973/74 Bélla Guttmann
43º 1974/75
44º 1974/75 Monteiro da Costa
45º 1975/76 Branko Stankovic

1975/76 Monteiro da Costa

1976/77 - 1979/80 José Maria Pedroto 2 Campeonatos Nacionais
1 Taça de Portugal
46º 1980/81 - 1981/82 Hermann Stessl 1 Supertaça

1982/83 - 1983/84 José Maria Pedroto 1 Taça de Portugal
1 Supertaça
47º 1984/85 - 1986/87 Artur Jorge 1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
2 Campeonatos Nacionais
2 Supertaças
48º 1987/88 Tomislav Ivic 1 Taça Intercontinental
1 Supertaça Europeia
1 Campeonato Nacional
1 Taça de Portugal
1 Supertaça
49º 1988/89 Quinito

1988/89 - 1990/91 Artur Jorge 1 Campeonato Nacional
1 Taça de Portugal
1 Supertaça
50º 1991/92 - 1992/93 Carlos Alberto Silva 2 Campeonatos Nacionais
1 Supertaça

1993/94 Tomislav Ivic
51º 1993/94 - 1995/96 Bobby Robson 2 Campeonatos Nacionais
1 Taça de Portugal
2 Supertaças
52º 1996/97 - 1997/98 António Oliveira 2 Campeonatos Nacionais
1 Taça de Portugal
1 Supertaça
53º 1998/99 - 2000/01 Fernando Santos 1 Campeonato Nacional
2 Taças de Portugal
2 Supertaças
54º 2001/02 Octávio Machado 1 Supertaça
55º 2001/02 - 2003/04 José Mourinho 1 Liga dos Campeões
1 Taça UEFA
2 Campeonatos Nacionais
1 Taça de Portugal
1 Supertaça
56º 2004/05 Luigi Del Neri
57º 2004/05 Victor Fernandez 1 Taça Intercontinental
1 Supertaça
58º 2004/05 José Couceiro
59º 2005/06 - 2006/07 Co Adriaanse 1 Campeonato Nacional
1 Taça de Portugal

2006/07 (interino) Rui Barros 1 Supertaça
60º 2006/07 Jesualdo Ferreira (em actividade)

Jogadores famosos

  • Valdemar Mota
  • Acácio Mesquita
  • Mihaly (Miguel) Siska
  • Artur de Sousa "Pinga"
  • António Araújo
  • Virgílio Mendes
  • Jaburu
  • José Maria Pedroto
  • Miguel Arcanjo
  • Hernâni
  • Custódio Pinto
  • Seninho
  • Pavão
  • Teófilo Cubillas
  • Duda
  • Frasco
  • Fernando Gomes
  • João Pinto
  • Józef Mlynarczyk
  • Augusto Inácio
  • Lima pereira
  • André
  • Jaime Magalhães
  • Madjer
  • Paulo Futre
  • Juary
  • Branco
  • Geraldão
  • Vítor Baía
  • Fernando Couto
  • Paulinho Santos
  • Rui Barros
  • Domingos
  • Emil Kostadinov
  • (ex-) Ljubinko Drulovic
  • Aloísio
  • Nuno Capucho
  • Sérgio Conceição
  • Mário Jardel
  • Jorge Costa
  • Deco
  • Jorge Andrade
  • Dmitri Alenichev
  • Ricardo Carvalho
  • Paulo Ferreira
  • Costinha
  • Maniche
  • Derlei
  • Benni McCarthy
  • Pedro Emanuel
  • Pepe
  • Ricardo Quaresma
  • Lucho González
  • Helton

Plantel Sénior 2006/2007

Número País Jogador Posição Clube Anterior
Guarda-Redes
1 Helton GR UD Leiria (2005)
99 Vítor Baía GR FC Barcelona (1999)
24 Paulo Ribeiro GR Vitória de Setúbal (2005)
Defesas
2 Ricardo Costa DC FC Porto B(2002)
4 Pedro Emanuel DC Boavista FC (2002)
14 Bruno Alves DC FC Porto B (2003)
3 Pepe DC CS Marítimo (2004)
26
DC/MD União de Leiria (2006)
12 José Bosingwa DD/MD Boavista FC (2003)
13 Jorge Fucile DD/DC Liverpool Fútbol Club (2006)
5 Marek Cech DE < Sparta Praga (2005)
25 Lucas Mareque DE River Plate (2007)
Médios / Extremos
6 Ibson MC Flamengo (2005)
7 Quaresma ED FC Barcelona (2004)
11 Morrocos Tarik Sektioui ED AZ Alkmaar (2006)
18 Paulo Assunção MDC Nacional (2005)
16 Raul Meireles MDC Boavista FC (2004)
20 Jorginho MO Vitória de Setúbal (2005)
8 Lucho González MO River Plate (2005)
10 Anderson MO Grêmio Porto Alegre (2005)

Leandro do Bonfim MO Cruzeiro (2006)
17 Vieirinha ED FC Porto B (2006)
21 Alan ED CS Marítimo (2005)
Avançados
9 Lisandro Lopez A/ED Racing Avellaneda (2005)
19 Tomislav Sokota PL SL Benfica (2005)
29 Bruno Moraes AC Vitória de Setúbal (2005)
28 Adriano AC Cruzeiro (2006)
23 Hélder Postiga PL AS Saint-Etienne (2006)
Equipa Técnica

Jesualdo Ferreira Treinador

Carlos Azenha Treinador-adjunto

Rui Barros Treinador-adjunto

João Pinto Treinador-adjunto

Wil Coort Treinador de guarda-redes
Equipa Médica

José Carlos Esteves Médico

Nélson Puga Médico

José Mário Enfermeiro

Eduardo Braga Enfermeiro

José Luís Enfermeiro

António Dias Recuperador Físico

Jogadores emprestados
  • Bruno Vale ( União de Leiria)
  • Paulo Machado ( União de Leiria)
  • Ezequias ( Beira-Mar)
  • Ivanildo ( União de Leiria)
  • Nuno Coelho ( Standard de Liège)
  • Hélder Barbosa ( Académica)
  • Diogo Valente ( Marítimo)
  • Maciel ( Braga)
  • Hugo Almeida ( Werder Bremen)
  • César Peixoto ( Espanyol)
  • Sonkaya ( Académica)
  • Leandro ( Palmeiras)
  • Bruno Gama ( Braga)
  • Leo Lima ( Grêmio Porto Alegre)
  • Claúdio Pitbull ( Académica)

Curiosidades

* Segundo o "Worldwide Historical Clubs Ranking", o Futebol Clube do Porto é considerado o maior clube português, o 10º maior da Europa e o 20º maior do Mundo. http://www.rsssf.com/miscellaneous/mathclubrank.html

* O FC Porto é o clube português com mais títulos internacionais, o 3º da Península Ibérica, o 9º da Europa e o 14º do Mundo (ver Ranking Mundial de Títulos)

* O FC Porto é o clube português com mais participações em competições internacionais oficiais, totalizando 50 participações: 2 presenças na Taça Intercontinental / Mundial de Clubes; 22 presenças na Taça dos Campeões Europeus / Liga dos Campeões; 15 presenças na Taça UEFA; 8 presenças na Taça das Taças e 3 presenças na Supertaça Europeia. (ver Lista dos clubes de Portugal em competições internacionais)

* O FC Porto é o clube português com mais participações na Liga dos Campeões com o formato actual (12), falhando apenas na época 1994/95 e na época 2002/03, quando venceu a Taça UEFA. Em termos europeus, é, a par do Manchester United, o clube com mais presenças na competição com o formato actual (desde 1992/93).

* O FC Porto é o clube português com mais botas de ouro conquistadas (3).

* O FC Porto é o único clube português que faz parte do Grupo G-14, o grupo dos clubes mais poderosos da Europa.

* O FC Porto é o clube da Europa que mais títulos conquistou nos últimos 25 anos.

* O FC Porto é o único clube português que conseguiu vencer na mesma temporada o campeonato e a competição Europeia em que esteve envolvido - e fê-lo em dois anos consecutivos (2003 e 2004).

* O FC Porto é o clube português com maior número de títulos no Futebol, contando actualmente 264 títulos (Internacionais, Nacionais e Regionais) oficiais (ver: Ranking Nacional de Títulos)

* O FC Porto é o único clube português pentacampeão nacional.

* O FC Porto é o clube com mais Supertaças conquistadas.

* O FC Porto disputou 22 das 28 finais da Supertaça nacional.

* Até hoje, o FC Porto conseguiu fazer a dobradinha, ou seja, ser Campeão Nacional e Vencedor da Taça de Portugal na mesma época, por 5 ocasiões (1955/56, 1987/88, 1997/98, 2002/03, 2005/06)

* O FC Porto já fez o pleno nacional (a chamada "tripleta"), ou seja, ser Campeão Nacional, Vencedor da Taça de Portugal e Vencedor da Supertaça Nacional na mesma época por 3 vezes (1997/98, 2002/03, 2005/06)

* O FC Porto tem um dos 15 melhores registos mundiais de invencibilidade em campeonatos nacionais. Os Portistas estiveram sem perder um encontro entre 22-10-94 e 24-03-96.

* O FC Porto tem um dos melhores registos mundiais de invencibilidade, em casa, a nível das competições internacionais: 29 jogos (entre 1974/75 e 1977/78)

* Tendo em conta um estudo da "FutureBand", uma empresa especializada em consultoria de marcas, o FC Porto é a marca mais valiosa do futebol português. O estudo apresenta as 30 marcas da Europa mais cotadas e Portugal conta apenas com um representante, o FC Porto. O estudo teve em conta factores, como: o valor das marcas, a lealdade dos adeptos, a capacidade de conseguir aumentar a venda de bilhetes para os jogos e o valor financeiro do clube. Neste ranking de marcas europeias, o FC Porto ocupa a 1ª posição em Portugal e a 27ª na Europa.

* O FC Porto contém nos seus quadros futebolísticos uma das maiores referências da história do futebol português e particularmente do FC Porto, Vítor Baía. Actualmente, Baía é o jogador com mais títulos da história do futebol mundial, com 30. Atrás aparecem Pelé e Rijkaard com 25 cada um.

* O FC Porto tem, segundo dados oficiais, cerca de 110 000 sócios pagantes. Sendo assim, é o 6º clube do Mundo com mais sócios pagantes.

Bibliografia

BARBOSA, Alfredo. Dragão Ano 111 - História Oficial do Futebol Clube do Porto. Porto: O Comércio do Porto. 2004.

Ligações Externas

* Site oficial do FC Porto
* O Portal dos Dragões
* O Portal dos Portistas
* FCPorto.org - Site não oficial do FC Porto
* Blog com noticias dos escalões de formação do FC Porto
* FCP2003
* Site MagiaonTour, fotos e vídeos do FCP e das suas Glórias
* Site da oficial claque SuperDragões
* Site oficial da claque Colectivo Ultras 95
* FC Porto no Portal Futebol
* FC Porto no zerozero.pt

Categorias: Clubes de futebol de Portugal | Modalidades do Futebol Clube do Porto

Etiquetas:

terça-feira, fevereiro 13, 2007 @ 12:45 GMT ::: link ::: topo




temas
Cubillas
1000 e poucas palavras
Pedaços de história
Efemérides
Música
Portistas
O Porto no Mundo
Projecto Wikipédia
Outros


arquivo
Setembro 2006
Outubro 2006
Novembro 2006
Dezembro 2006
Janeiro 2007
Fevereiro 2007
Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Abril 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Novembro 2008
Maio 2009


sites
Site oficial do FC Porto
FCPnet
FCPorto.de
Galeria Guerreiros da Invicta
O Portal dos Dragões
Fundação Vítor Baía 99


blogs
A Chama do Dragão
Avatares-de-Desejo
Bibó Porto Carago
Blog com Sotaque
Brigada Azul
Campeões no Mundo...
Comboio Azul
Crónicas de um Portista
Dragalhadas do Dragão
Dragão até à morte
Dragão Madeirense
Dragão Nortenho
Dragão Sénior
Dragãopentacampeão
Dragões do Atlântico
Estádio Dragão
FCP Mirandela
Guerreiros da Invicta
Isento e Imparcial
Linha de Rumo
O Dragão
Olho de Dragão
Paixão pelo Porto
Pobo do Norte
Portistas de Bancada
Porto em Formação
Portogal
Reflexão Portista
Roubos de Igreja
SD Cedofeita
SD Margem Sul
Sou Portista com Orgulho
Textos MST
Victor Jobling
Zé do Boné


fontes
A principal fonte de informação e imagens para o presente blog são os 16 volumes da História Oficial do FC Porto, de Alfredo Barbosa, editada pelo Comércio do Porto. São também consultados o Livro de Ouro do FC Porto, edição do Diário de Notícias, e a autobiografia de Jorge Nuno Pinto da Costa, Largos Dias Têm 100 Anos, bem como o site oficial do FC Porto e edições passadas de jornais, de entre os quais se destacam A Bola, Jornal de Notícias, O Jogo, O Norte Desportivo e Record. Quaisquer outras fontes serão identificadas nos respectivos posts.






This page is powered by Blogger. Isn't yours?